refluxo



 
a língua e a linguagem não se tecem,
os sentidos não pousam nas letras,
não se desenha pássaros na aragem
 
se no horizonte a maré transforma as ondas
e não joga estrelas no céu, por cima do vazio
 
pode-se pescá-las no mar.



sonia regina
9.1.10


2 comentários:

Maria Clarinda disse...

(...)se no horizonte a maré transforma as ondas
e não joga estrelas no céu, por cima do vazio

pode-se pescá-las no mar.


Belo o poema e o teu blog.
As fotos lindas também...

Sonia Regina disse...

obrigada, Maria Clarinda, pela leitura e comentário.